fbpx
A magia da Itália através da arte barroca e renascentista
Fique Mais Perto.
ACOMPANHE!

A Itália é um país rico em história e cultura, e isso fica evidente ao olharmos para sua arte. A arte barroca e renascentista é especialmente marcante, e pode ser vista em muitos lugares ao redor do país. Sendo assim, estas duas formas de arte reflete a cultura italiana e a historia da arte no ocidente de uma maneira muito peculiar.

A arte barroca italiana é conhecida por sua grandiosidade e opulência. Com cores mais brilhantes, contrastantes, ornamentos e formas que davam a sensação de movimento. Sem esquecer todos os detalhes, já que o barroco possui muitos elementos visuais que chamam atenção.

A arte renascentista italiana, por outro lado, é caracterizada pelo seu realismo. Os artistas renascentistas gostavam de retratar o mundo o mais realista possível. Não atoa eles estudavam a anatomia humana e os movimentos que o próprio corpo tem e faz. Você pode reparar nisso em todas as esculturas e pinturas renascentistas.

Neste artigo, vamos explorar esses dois estilos de arte para entender melhor a magia da Itália através da sua arte.

Duomo de Florença
Aliás conheça esse local e outros conosco: grupo de viagem para a Itália

A arte renascentista na Itália

Afinal o renascimento foi um período bem revolucionário no meio da arte. Ele surgiu na região da Toscana, mais especificamente nas cidades de Florença e Siena. Depois disso a arte renascentista foi difundida por toda a Europa. Aliás já contamos um pouco sobre uma das famílias importantes que patrocinaram o renascimento, a família Medici.

Suas principais características são o homem como centro das atenções. Usam os movimentos do corpo humano, como comentei anteriormente. Um dos nomes mais importantes desse movimento, sem sombra de dúvidas é Leonardo da Vinci. Tendo a “Última ceia” e a “Monalisa” como marcos para a arte renascentista.

Quando falamos sobre Florença, não podemos esquecer a Catedral de Santa Maria Del Fiore, que foi do arquiteto importante do renascimento Fillipo Brunelleschi.

O renascimento teve três momento super importantes:

  • o Trecento, século XIV, que corresponde à fase inicial do movimento renascentista;
  • o Quattrocento, século XV, é uma fase da consolidação das artes e representa o auge do renascimento artístico e cultural no país;
  • Cinquecento, última fase – transcorrida no século XVI – onde a cidade de Roma assume posição de destaque e o estilo renascentista se consolida em diversas partes do continente europeu.

A arte barroca na Itália

A arte barroca na Itália surgiu logo após o renascimento e sua origem é em Roma. Não atoa é um dos estilos mais utilizados pelas igrejas católicas e da monarquia. Uma das suas principais características é o uso cores vivas, contraste de luz e sombra.

Em resumo suas obras geralmente abordam temas religiosos ou históricos. Tendo também a teatralidade como um dos itens em cada uma das esculturas já feitas.

Dois nomes que você ouvirá muito sobre a arte barroca: Bernini e Borroromini. Esses arquitetos barrocos eram usavam linhas curvas, espirais e davam uma sensação incrível de movimento. Algumas das principais atrações para os amantes da arte barroca italiana são a Basílica de São Pedro, o êxtase de Santa Teresa, a Igreja Sant’Andrea al Quirinale e San Carlo alle Quattro Fontane.

Aliás o barroco surgiu em um momento importante da história quando Lutero, com ideias protestantes, conquistava a Europa. A igreja para não perder fiéis criou o barroco que traduz sua arte em sensações visuais e teatralidade.

As principais atrações italianas para os amantes da arte

A Itália afinal é o lar de algumas das mais importantes e influentes obras de arte do mundo. Desde a antiguidade até a idade moderna, os artistas italianos têm sido responsáveis por algumas das mais belas e inovadoras pinturas, esculturas e arquiteturas. A princípio com tantos tesouros para se descobrir, pode ser difícil saber por onde começar. Aqui estão algumas das principais atrações italianas para os amantes da arte:

Museu do Vaticano, Roma – O Museu do Vaticano é um dos maiores e mais ricos museus do mundo, com uma coleção que abrange quase toda a história da arte. As principais atrações do museu são as salas dedicadas às obras de Michelangelo, Rafael e Leonardo da Vinci.

Galeria degli Uffizi, Florença – Um dos museus mais visitados da Itália e abriga uma das melhores coleções de arte renascentista do mundo.

Capela Sistina, Roma – A Capela Sistina é um dos locais mais icônicos da Itália e um dos trabalhos mais incríveis de Michelangelo.

Basílica de São Marcos, Veneza – A Basílica de São Marcos é uma das igrejas mais bonitas da Europa e e possui uma cupula lindíssima que pode ser vista de toda a cidade.

Santa Maria della Vittoria, Roma – Uma igreja dedicada a Nossa Senhora e que possui uma das artes barrocas incríveis de Bernini: O êxtase de Santa Teresa. Vale a pena conferir!

Itália com arte barroca e renascentista

Aliás se você está pensando em viajar para a Itália, confira as datas de nossos roteiros clicando aqui! Somos especialistas em roteiros conectados a arte no país e também fazemos grupos de viagens pra lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fique Mais Perto.
ACOMPANHE!