fbpx

Atrações em Kensington: o elegante bairro de Londres

The Gore em Londres
Frente do hotel The Gore; adoro ficar hospedada aqui Foto: Camila Castanheira

Kensington é um dos bairros mais vibrantes e elegantes de Londres e costuma estar no roteiro da maioria dos viajantes que a visitam. É aqui que estão dois importantes museus da cidade: o História Natural e o Victoria and Albert.

Mas a região de Kensington vai muito além desses dois pontos turísticos: atrações inspiradoras por aqui é o que não faltam! São os melhores restaurantes, dividindo a mesma rua com parques, pubs e museus, tudo com muita elegância!

Costumo dizer que é um verdadeiro pecado visitar a capital da Inglaterra e não conhecer DIREITO esta região. Pensando nisso, selecionei algumas dicas de lugares que eu adoro, frequento e quero muito dividir com vocês!

Vem que eu vou contar tudo!

atrações em kensington
Vista do terceiro andar do Museu Foto: Camila Castanheira

Atrações em Kensington

São tantas as coisas interessantes em Kensignton que não é por acaso que, na maioria das vezes que visito Londres, é lá que me hospedo. Dá para fazer tudo a pé, curtindo as belas paisagens urbanas do local!

Super recomendo ficar entre a estação de metrô Gloucester Road, South Kensington e Knightbridge. Ali estão o
Radisson Blu Edwardian Vanderbilt, o The Gore e o The Rembrandt, três hotéis super sofisticados, que já fiquei e indico.

Com ótimo custo benefício, há também o Ibis Styles London Gloucester Road e o Holiday Inn London Kensington Forum. São ótimos!

Veja aqui mais opções de hotéis em Londres.

Ruas de Kensington
Parte residencial de Kensington durante o inverno Foto: Andriuak on Pixabay

O que fazer em Kensington

Jardim e Palácio de Kensington

Percorrer os imponentes corredores do Palácio de Kensigton é ter a sensação de que você está dentro de um drama de época histórica com sua grande coleção de obras de arte e móveis oportunos. 

O palácio já foi uma vila pequena, conhecida como Nottingham House, e também já foi retiro rural e lar das famílias reais da Grã-Bretanha. Foi aqui que a rainha Victoria passou sua infância, Diana e Charles moraram por alguns anos e onde atualmente Willian e Kate reinam como e Duque e Duquesa de Cambridge.

Não deixe de ver a Galeria do Rei, com uma infinidade de pinturas esplendorosas, a Queen Victoria Exhibition, em que encontramos muitos objetos e detalhes sobre a rainha, e a imperdível exposição de roupas e vestidos de Diana.

O acesso aos jardins de Kensington é totalmente aberto e free. Sugiro ficar de olho na programação do Palácio, pois sempre há passeios guiados diferentes. Já fiz um tour guiado com direito a chá da tarde no Palácio e foi uma mega experiência!

Veja também mais atrações em Londres sobre a família real britânica.

Palacio de Kensington
Detalhes do Palácio de Kensington Foto: Medienservice on Pixabay

Holland Park e Museu do Design

Muito frequentado por britânicos, este parque é um dos mais tranquilos de Londres. O Holland é enorme e possui uma plantação secular de dálias que vale a pena ser vista! Há ainda um encantador jardim japonês com carpas koi e uma ponte no pé de uma cachoeira.

Já fora do museu, bem na entrada do parque, está o Museu do Design. Situado em um prédio muito peculiar, o museu conta com exposições itinerantes e um acervo permanente super apurado que celebra o design contemporâneo na perspetiva do designer, do fabricante e do usuário final!

São mais de 1000 peças em exposição, que vão desde computadores antigos da apple, máquinas de datilografia, até sapatos de grife, cadeiras e muito mais. Quem adora design, arquitetura e engenharia não pode perder!

atrações em kensington londres
Museu do Design, muito indicado para amantes de decoração e arquitetura Foto:© VisitBritain / Tommaso Fogliata

Tomar um drink no Hotel The Gore

Foi no Bar 190 do hotel The Gore que – nada mais nada menos – do que The Rolling Stones lançaram o álbum Beggars Banquet, em 1968. O bar é super lindo, com paredes de madeira e decoração vitoriana mais moderninha. Experimente o drink Beggars e Banquet, em homenagem ao álbum, ou prove outros vários com muito rum, uísque, martini, gim e tônicos à base de infusões botânicas e cítricas.

Decoração do Bar 190 no Hotel The Gore Foto: divulgação The Gore

Museu da Ciência

O Science Museum conta a história da ciência de maneira muito dinâmica. Por meio de fotos, vídeos, hologramas e todo o tipo de engenhosidade existente, podemos interagir diretamente com as experiências e aprender facilmente. São mais de 300 mil peças organizadas em 7 andares.

É um belo passeio para todas as idades. Contudo, como muitos museus em Londres, o Science Museum reserva um dia e horário do mês em que fica aberto somente para adultos: é sempre na última quarta-feira do mês, entre 18h45 e 22h.

science museum kensington
Aprendendo sobre o corpo humano no Museu da Ciência Foto: ©VisitBritain / Britain on View

Assistir a um espetáculo no Royal Albert Hall

Este é um dos lugares mais recomendados para assistir a um show ou qualquer espetáculo em Londres. É aqui que o Cirque du Soleil, todos os anos, nos presenteia com suas apresentações durante as férias de janeiro. É também onde Adele e inúmeros artistas já fizeram a galera ir ao delírio com shows memoráveis.

A programação do Royal Albert Hall é muito variada e durante o ano as atrações são muito concorridas! Fique de olho, pois sempre há muitas novidades!

Veja também outros teatros em Londres

royal ALbert Hall em Kensington
Assistindo o Cirque du Soleil em Londres Foto: Camila Castanheira

Conhecer o Churchill Arms

Este famoso pub londrino de decoração extravagante foi construído em 1750 e tem muita história para contar! No passado, foi muito frequentado pela família do primeiro ministro Churchill e, após a Segunda Guerra Mundial, o pub recebeu o nome dele, como uma homenagem.

A comida tradicional aqui é tailandesa, porém há petiscos deliciosos próprios de pubs londrinos. Vale muito parar para tomar um drink e conferir a decoração, que é também uma atração!

Churchill pub
A fachada toda colorida e cheia de flores do Churchill Foto: visitbritain Gareth Gardner

Arredores de Kensington

Uma das principais avenidas do bairro é a Crownwell Road que, em determinado momento, se torna Brompton Road, dando início à Knightbridge. Este outro bairro elegantíssimo fica coladinho com Kensington e segue o mesmo estilo vitoriano do vizinho, com um toque a mais de modernidade. É aqui que está a Harrods, o Hyde Park e um dos restaurantes que eu mais gosto em Londres, o badalado Bar Boulud.

Harods
Harods uma das lojas de departamento mais luxuosas do mundo Foto: Camila Castanheira

Localizado dentro do Hotel Mandarin Oriental Hyde Park, este aconchegante bar de vinhos e bistrô francês é comandado pelo renomado Chef Daniel Boulud, uma das maiores referências em gastronomia no mundo.

O Bar Boulud é pura inspiração e traduz isso em cada detalhe. Os pratos, por exemplo, são interpretações da culinária caseira clássica, com temperos e alimentos que representam as raízes da gastronomia francesa, onde o chef Daniel cresceu.

Demais, não?! Faça a reserva com antecedência, pois o restaurante é disputadíssimo – e não é pra menos!

bar buloud
Toda chique no Bar Boulud Foto: Camila Castanheira

Nos arredores de Kensington também está Nothing Hill, outro charmoso bairro londrino. Aqui fica a feirinha de antiguidades da Portobello Road, que acontece todos os domingos. A feira é uma verdadeira experiência e muito frequentada por turistas e locais. Há de tudo o que você imaginar, espalhado por quilômetros. Mas o que as pessoas mais procuram são as obras de arte nos antiquários, artesanato nas ruas e os charmosos brechós, com peças únicas.

Nothing Hill Londres
Charmosas ruas de Nothing Hill Foto: Camila Castanheira

Eu poderia ficar falando de Kensington até amanhá de tanto que gosto desta região! Anote todas essas dicas e, em sua próxima viagem à capital da Inglaterra, faça um tour completo por este bairro que tem tanto a nos oferecer! Você, com certeza, também irá se apaixonar.

Boa viagem!

Camila Castanheira

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe um comentário :)