Dicas de Joanesburgo, África do Sul – O que fazer

Joanesburgo, ou como dizem os locais e íntimos JOBURG, é uma metrópole de negócios interessante e a principal porta de entrada para a África do Sul. Tive a oportunidade de ficar na cidade por duas noites e um dia inteiro e considero suficiente para conhecer as principais atrações. Foi essencial ter passado este tempo por lá, pois muita coisa importante sobre a história do país aconteceu aqui, então não deixe mesmo de colocar a cidade no roteiro e se puder ser o primeiro lugar a visitar acho ainda melhor.

Neste texto vou trazer para vocês as principais dicas de Joanesburgo e tudo o que considero fundamental conhecer por lá.

Dicas de Joanesburgo

Moderna e cheio de restaurantes maravilhosos, Joburg é cheia de particularidades. Toda arborizada, a cidade por muito tempo importou árvores e flores do mundo todo e isso foi algo que me chamou atenção.

Na verdade esta parte mais bonita e florida é o norte, local onde os brancos e imigrantes europeus moravam durante o apartheid. O lado sul, era mais industrial, habitado por mineiros e também pelos negros. É lá que fica Soweto, a favela onde os os negros e coloridos foram mandados, durante a segregação racial.

Não me apaixonei efetivamente por Joanesburgo e também não me senti tão segura quanto Cape Town, mas achei a cidade bonita e receptiva. Foi um dos lugares que mais me senti bem-vinda na África do Sul e como eu disse, a cidade não pode ficar de fora do roteiro por ser como uma base para entender a história da África do Sul.

dicas de joanesburgo
Centro da cidade Foto: Camila Castanheira

Dicas de Joanesburgo – Transporte e localização

Para se ter uma boa experiência em Joanesburgo é essencial ficar bem localizado. Depois de pesquisar muito, decidi me hospedar na região de Sandton, o novo centro financeiro da cidade e achei o ideal. O bairro é super moderno, com excelentes restaurante, movimentado e perto da praça Nelson Mandela.

dicas de joanesburgo
Ruas de Sandton, o novo centro financeiro de Joburg

Veja também: Como é fazer um safári na África do Sul

Outra coisa importante é como se locomover. Utilizei o Uber algumas vezes e achei muito bom. Na África do Sul há também um outro app local de transporte que se chama BOLT. Eu baixei ainda no Brasil, antes de embarcar, e usei algumas vezes. Confesso que preferi o Uber mas acho bom ter no celular caso precise de uma segunda opção.

Joanesburgo é uma cidade muito grande e as atrações ficam relativamente longe uma da outra, então, achei melhor contratar um tour de dia todo e foi a melhor coisa que fiz.

Optei por um tour PRIVADO em português com a África do Sul para Brasileiros e adorei. Há opções também de tours em grupo em português. Aqui neste link você pode ver outros tours que são super recomendados.

o que fazer em joanesburgo
Soweto

Dicas de Joanesburgo – Onde ficar

Como disse, fiquei no bairro de Sandton e adorei. Me senti segura. A região é super movimentada, tem vários shoppings e as ruas são lindas. A praça Nelson Mandela fica por ali. É uma região mais turística? Sim, mas achei super conveniente tendo em vista o tempo que fiquei na cidade.

O Sandton Sun da rede Tsogo Sun foi o meu escolhi. O hotel é maravilhoso e tem um café da manha de babar. Mas o que me fez definir por ele foi efetivamente a localização: o hotel fica em um complexo com passagem direta para o shopping Sandton City , que tem saída direta na praça Nelson Mandela. Ou seja, em um só lugar eu tinha acesso a alguns principais locais de Joburg sem precisar pegar transporte ou andar muito. A rede Tsogo Sun é super famosa na África do Sul e tem hotéis por todo o país.

onde ficar em joanesburgo
Minha suíte no Sandton Sun da rede Tsogo Sun Foto: Camila Castanheira
o que fazer em joanesburgo
O hotel é belíssimo e a localização maravilhosa Foto: Camila Castanheira

Outros hotéis que também indico na região são: The Maslow e o Hilton Sandton

Dicas de Joanesburgo

Constitutional Hill

Este lugar tem história que não acaba mais. Foi aqui Mandela, Gandhi e muitos outros revolucionários ficaram presos. Hoje o lugar além de museu, abriga a Corte Constitucional, a mais alta corte judiciária do país. Prepare-se para sair de lá com um nó no estomago. Este lugar é um grande reflexo do tanto que o apartheid foi cruel. Há tours guiados no local.

dicas de joanesburgo
Solitárias da prisão onde os negros ficavam Foto: Camila Castanheira
dicas de joanesburgo
Onde os presos tomavam banho em Constitutional Hill Foto: Camila Castanheira

Museu do Apartheid

Este museu é mais que obrigatório para quem visita Joburg. O museu é sensacional, dinâmico e super interativo. Ele foi totalmente montado e desenvolvido para mostrar com detalhes como foi o apartheid. A maior parte das informações estão todas em inglês, portanto se você não fala o idioma o ideal é fazer um tour com guia ou áudio guia.

dicas de joanesburgo
Entrada do Museu Foto: Camila Castanheira
dicas de joanesburgo
O museu do apartheid é um dos melhores museus na África do Sil

Soweto

Soweto é uma “favela” de Joanesburgo com mais de 4 milhões de pessoas que mais parece uma cidade. Foi para cá que os negros vieram durante o Apartheid e iniciaram importante movimentos contra a segregação e repressão racial. Achei o bairro super organizado e não me senti insegura em em nenhum momento, pelo contrário.

dicas de joanesburgo
Casa de Nelson Mandela em Soweto Foto: Camila Castanheira
dicas de joanesburgo
Casa de Nelson Mandela

Praça Nelson Mandela

Esta praça é uma graça e fica em uma das saída do shopping City Mall, um dos maiores da cidade. Aqui há muitos restaurantes delicinha .

o que fazer em joanesburgo
A bonita praça Nelson Mandela Foto: Camila Castanheira

Newtown

Este bairro é praticamente um centro cultural onde estão inúmeros museus da cidade. Newtown também é bastante frequentado durante a noite. Em um de seus viadutos está a pintura do artista brasileiro, Diego Mouro. Ela representa toda a resistência negra durante sua história.

dicas de joanesburgo
Pintura do artista brasileiro Diego Mouro em Newtown Foto: Camila Castanheira

Joburg é essencial para você entender sobre a história da África do Sul. Na verdade se você conseguir colocar a cidade como a primeira a ser visitada no seu roteiro pelo país seria o ideal.

Nestas dicas de Joanesburgo eu relaciono tudo o que fiz e gostei e acredito ser importante conhecer. Espero que te ajude a aproveitar o que há melhor desta metrópole interessante, que é a maior cidade da África do Sul!

Boa viagem!

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe seu comentário