Le Cercle des Voyageurs: café em Bruxelas

Um espaço especial para quem ama descobrir novos sabores e culturas

café em bruxelas
O charmoso café viajante de Bruxelas Foto: Camila Castanheira

Uma das coisas que mais gosto de fazer quando viajo, é sair andando, pelas ruas, sem destino definido. São nestes momentos, que temos a oportunidade de conhecer mais de perto os costumes locais , os lugares que moradores frequentam e a rotina do dia a dia.

Um café em Bruxelas

Foi em uma destas escapadas, que descobri um lugar encantador em Bruxelas, chamado Le Cercle des Voyageurs, em português “Circulo de viajantes”. Localizado em um antigo prédio histórico, onde no passado funcionava um hotel, este pitoresco bistrô e café em Bruxelas, me chamou muito a atenção pela arquitetura e pelo menu de brassiere global, com muitos pratos de diferentes países. Representando o Brasil, adivinha, a famosa moqueca.

café em Bruzelas
A agenda de atrações do café é sempre movimentada Foto: Camila Castanheira

A decoração do local também é muito interessante e inspiradora, toda baseada em turismo, começando pelo rústico e imenso mapa mundi no teto, até as malas antigas penduradas nas paredes. O bistrô se caracteriza ainda, por ser uma biblioteca de guias de viagens, exibindo livros em vários idiomas de destinos conhecidos e desconhecidos, que você pode ler e desfrutar enquanto consome no local.

O Le Cercle des Voyageurs investe em uma agenda cultural animada e diferente. Durante a semana há apresentações de artistas, tocando músicas típicas, exposições de fotografia, workshops de culinária, e outras atrações, sempre relacionadas a lugares do mundo. Vale a pena dar uma olhada no site do bistrô quando estiver na cidade, ou até mesmo antes da viagem, visto que alguns eventos precisam de reserva antecipada.

Veja outros cafés em Bruxelas aqui

RESERVE PELO BLOG



Camila Castanheira

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe um comentário :)