fbpx

A charmosa rota do vinho do Douro e Porto

rota do vinho do douro

O rio Douro nasce na serra Urbión, na Espanha, mas é em Portugal que ele se torna numa das mais belas paisagens da Europa. Desde 2001 a UNESCO considera a região portuguesa como Patrimônio da Humanidade por sua relevância histórica e cultural. Cruzando a região Norte de Portugal, ao longo do Douro estão diversas cidades históricas, muita natureza e o melhor, os mais tradicionais vinho do país. E é aqui que nosso artigo será focado: na maravilhosa rota do vinho do Douro e também do Porto.

O Douro é um dos grandes responsáveis por Portugal ter sido eleito o melhor destino turístico do mundo pelo terceiro ano consecutivo. A produção de vinhos por aqui remonta ao império romano. Atualmente, a região possui centenas de propriedades dedicadas ao cultivo e manufatura da uva. O Douro é ainda um reconhecido destino de ecoturismo e de turismo rural.

Rota do vinho do Douro e Porto

O passeio pela rota do vinho no Douro é ideal para quem gosta de vinhos,claro, hospedagem de alto nível (alguns hotéis e pousadas estão entre os melhores de Portugal), gastronomia típica e paisagens onde o tempo parece que parou de tão incríveis. A rota mais comum parte da cidade do Porto, a capital do vinho português. Porto é uma cidade rica em atrações e eu conto um pouco do que fazer aqui neste post.

rota do vinho do douro e do porto
Iniciando a rota no Porto na vinicola Grahans, super indicada. Foto Camila Castanheira

Passeios de barco pelo Douro

O rio Douro é amplamente navegável e essa característica foi importante no desenvolvimento dos vinhedos da região. Durante séculos, o vinho era cultivado nas encostas do Alto Douro e finalizado no Porto ou na cidade de Vila Nova de Gaia.

Subir o Douro de barco é uma experiência sem igual. A maioria dos cruzeiros fluviais parte do Porto e vão até Régua ou Pinhão. O trecho entre as duas cidades é o mais bonito da região e merece ser apreciado sem pressa. Este é um passeio para estimular os sentidos. Os trajetos costumam incluir guias que explicam a história local, degustações de vinho e refeição.

Um detalhe importantíssimo é que a região do Douro não produz apenas o vinho do Porto, bebida licorosa referência mundial. A denominação de vinhos do Douro inclui ótimos vinhos tintos e também alguns brancos.

Para quem tem pouco tempo, o Passeio das 6 Pontes é o mais comum. Sai do Porto e cruza, como o nome já diz, 6 pontes ao longo do rio. É um passeio curto, de menos de uma hora e não vai até a região mais famosa, mas pode ser uma opção se sua agenda estiver curta. Eu fiz e recomendo.

Se a ideia for conhecer tudo com tempo, há diversos passeios mais longos que incluem pausas para desembarque em vilarejos, onde é possível comer bem, ouvir histórias e ainda degustar e comprar ótimos vinhos.

rota do vinho do douro e porto
Passeio de barco pelo Porto Foto: Camila Castanheira

Veja também: O que fazer em Lisboa

Trem histórico entre os vinhedos

Não há dúvidas que o passeio de barco é o mais tradicional, porém, conhecer a região de trem costuma ser muito divertido. O chamado comboio histórico percorre alguns vilarejos no período de junho a outubro. A locomotiva, de 1925, era usada no transporte dos insumos para a produção de vinho e possui vagões originais restaurados. O trajeto margeia o rio e cruza as encostas, onde os parreirais se perdem de vista.

O passeio tradicional sai de Régua, passa por Pinhão e vai até o vilarejo de Foz do Tua. O comboio inclui música tradicional, guias e degustação com o Porto Ferreira, rótulo famoso na região. A dica é reservar com antecedência e usar roupas frescas, o comboio histórico parte geralmente no alto verão português, que costuma ser muito quente. Saiba mais aqui

Já o comboio regular sai da estação de São Bento, no Porto, em diversos horários. É mais barato, mas não tem o mesmo charme.

Outra opção é o luxuoso Comboio Presidencial, que realiza viagens gourmet pelo Vale do Douro, partindo do Porto. Confira se terá saídas antes da sua viagem pois são super pontuais e super disputadas. É um passeio muito diferenciado que está com certeza na minha wishlist.

Carro ou ônibus na rota do vinho do Douro

Do Porto até as principais atrações do Douro são pouco mais de 150 quilômetros numa estrada super bem-conservada. Mas atenção: apesar da paisagem de tirar o fôlego, a estrada do Douro é um pouco sinuosa e margeia as montanhas, portanto, exigirá do motorista maior atenção.

Outra opção é iniciar o passeio por Vila Real, cidade acolhedora com cerca de 30 mil habitantes e porta de entrada para os vinhedos. Vila Real é menos badalada que o Porto, mas possui diversas atrações históricas e uma boa estrutura de pousadas, costumeiramente bem baratas e de boa qualidade.

A conclusão que chego é que, para uma viagem completa na rota do vinho do Douro e Porto, mesclar transportes e experiências e o melhor caminho. Opções é o que não faltam!

Principais atrações na rota do vinho do Douro

Museu do Douro

Criado como memorial da história do Alto Douro Vinhateiro, o Museu do Douro oferece uma rica coleção com diversas peças, foto e vídeos sobre o cultivo de uvas e criação dos vinhos regionais. Essa é uma visita fundamental para aprender mais sobre o complexo mundo dos vinhos. O prédio, de 1756, foi sede da primeira zona vinícola regulada do mundo. Não deixe de conhecer as barcas que eram usadas para levar os barris de vinhos até a cidade do Porto.

Peso da Régua

Mais conhecido como Régua, este pequeno vilarejo é acolhedor e cheio de ótimas opções de hospedagens.  A localidade teve papel fundamental na tradição do vinho do Porto. Era de seu ancoradouro que partiam as barcas, chamadas de rabelos, a caminho de Vila Nova de Gaia, onde o vinho envelhecia nas caves. Ponto de parada para quem vai visitar o Douro, não deixe de conferir os miradouros de São Leonardo e de Santo António do Loureiro, lugares perfeitos para fazer aquela foto panorâmica.

Pinhão

O vilarejo é uma das paradas obrigatórias para quem vai conhecer o Douro. É também um dos melhores lugares para quem gosta de turismo rural. Se você for de trem ou barco, certamente fará uma parada por aqui. Apesar de pequeno, Pinhão possui excelentes restaurantes. O LBV 79 é bastante tradicional e famoso pelo bacalhau. Já o Veladouro possui mesas ao ar livre e clima descontraído.

Foz do Tua

Outro vilarejo ponto de parada para o trajeto pelo Douro, tanto de trem quanto de barco. A principal atração, além das quintas centenárias, é o restaurante Calça Curta, com diversas cervejas e pratos feitos com os peixes do próprio rio Douro.

Vila Nova de Foz Côa

Se tiver tempo, suba o Douro até quase o limite com a Espanha. A região não é muito procurada por turistas e preserva o clima típico do interior português. A pequena Vila Nova de Foz Côa, ou apenas Foz Côa, é conhecida pelas pinturas rupestres que contam o passado ancestral de Portugal.

O Museu do Côa é um verdadeiro achado. Além de sua localização privilegiada, é um dos museus mais modernos do país. Dedicado ao período paleolítico (entre 25 a 12 mil anos atrás), o prédio oferece excelentes visitas guiadas e diversos setores interativos.

A região é tombada pela UNESCO como o mais importante sítio de arte rupestre paleolítica ao ar livre do mundo. São mais de 50 núcleos de arte ao longo dos 17 quilómetros do Rio Côa, um dos afluentes do Douro. Não deixe de visitar os sítios arqueológicos com o auxílio de guias. Além da aula de história a paisagem é maravilhosa.

Comprar vinhos

De um modo geral, bons vinhos são bem baratos em Portugal, ainda mais quando estamos falando de uma região com tantos bons produtores. Ao longo de toda a rota do vinho do Douro você se perderá entre tantas opções.

O ideal é provar os vinhos diretamente nos produtores e comprar o que mais lhe agradar. A maioria é de excelente qualidade e muitas quintas oferecem o serviço de despacho para o Brasil.

Porém, se preferir fazer suas compras num único lugar, visitar uma garrafeira poderá ser muito prático. Há diversas no Porto e em Vila Nova de Gaia. No coração da região do Douro, no distrito de Tabuaço, fica a RUMO, uma lojinha simpática e com atendimento exemplar. Dá para comprar os principais vinhos da região com ótimo preço. O dono, o Sr. Sérgio Soares, é um dos mais renomados enólogos do Douro e sempre oferece a melhor seleção de safras.

rota do vinho do douro
Uma das pontes do rio foto: pixabay

Veja ainda: Aldeias do Xisto em Portugal: o que são

Vinícolas e hospedagem

Por todo o Douro você encontrará as famosas quintas, propriedades que produzem tanto vinho base para o vinho do Porto quanto para vinhos regulares. Com a fama do Douro mundialmente, a maioria das quintas oferece também ótimas opções de hospedagem. Há para todos os gostos e bolsos: desde hospedagens alternativas de baixo orçamento até hotéis de grife.

A versão portuguesa da rede de luxo Six Senses, presente na Grécia, Tailândia e França, é no mínimo espetacular. O Six Senses Douro Valley é a hospedagem mais sofisticada da região. Localizado numa quinta do século XIX completamente restaurada, impressiona pela combinação de sofisticação com rusticidade. O lugar é perfeito para quem quer comer bem, provar vinhos incríveis e apreciar a natureza. O hotel possui spa, quartos exclusivos em vilas, restaurantes estrelados e piscinas térmicas.  

Não longe de Régua, do outro lado do Douro, fica a Quinta Branca, produtor de vinho e mirante com a melhor vista para as encostas de parreirais. Dentro da propriedade fica um dos hotéis mais exclusivos da região, o Quinta do Casaldrono.

Já a Quinta do Vallado é uma das mais antigas do Douro. A propriedade é belíssima, incrivelmente preservada e com uma vista deslumbrante. Pode-se realizar apenas uma visita ao vinhedo, com passeio pelos parreirais, adega e degustação generosa com os melhores vinhos da casa. A quinta possui um dos hotéis mais modernos e originais de Portugal, o Casa do Rio, projeto arrojado, criado numa das encostas do Douro. Fica um pouco afastado da região mais turística, mas é ideal para quem quer fugir do burburinho.

Ainda falando em tradição, a Quinta da Pacheca possui outro excelente hotel dentro de sua vinícola. A propriedade é famosa por seus vinhos do Porto e seus azeites premiados. O grande diferencial é que alguns quartos são feitos dentro de antigas pipas de vinho, enormes barris para maturação da bebida.

rota do vinho do douro
Vista da região do Douro em plena primavera! Foto: Pixabay

Apaixonada pela rota do vinho do Douro e Porto

A rota do vinho do Douro e do Porto é uma das mais lindas do mundo. Pesquise sempre com antecedência todas as possibilidades, pois a região é muito disputada, principalmente durante a primavera verão e outono.

Se conseguir colocar cada uma das opções relacionadas no texto, como trem, barco e carro sua viagem será mais que perfeita!

Boa viagem!

Camila Castanheira

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe um comentário :)