Viagem em Grupo: o que é e como embarcar

viagem em grupo
Galera do meu último grupo de viagem ao Egito Foto: Camila Castanheira

Quando decidi começar a fazer viagem em grupo pelo blog, de uma coisa eu tinha certeza: os roteiros que desenvolvesse havia de ser para lugares diferentes, com difícil acesso, ou lugares mais comuns com alguma temática.

Digo isso porque acho que não faz muito sentido desenvolver um roteiro em grupo para um destino que você tenha acesso fácil a toda infra estrutura e consiga montar o roteiro sozinho. Tudo é uma questão de perfil.

Se você não sabe montar roteiros, quer viajar sozinho pela primeira vez, tem algum medo de viajar só ou acompanhado, ou queira viajar com amigos e fazer novos amigos, os grupos de viagem são mais que indicados para você.

Isso, na minha opinião, é modelo de viagem, é claro. Há todo tipo de gosto, não é?! E como afirmei, tudo é uma questão de perfil.

viagem em grupo para a europa
Primeira grupo de viagem que eu fiz na vida foi um tour pela Europa pela empresa Top Deck

O que é uma viagem em grupo?

Uma viagem em grupo tem o intuito de facilitar a vida do turista que quer um roteiro prontinho, definido (inclusive hotel e transporte), que seja compartilhado com outras pessoas.

Geralmente os grupos possuem uma rota definida que não se altera e a maioria dos serviços turísticos estão inclusos.  Os roteiros são feitos a partir de uma análise de destinos que possam ser interessantes para todos.

Grupo de viagem para lugares de fácil acesso e mais turísticos

Quando o lugar é de fácil acesso, é importante ter em mente uma temática, um foco que gostaria de ter durante a viagem, seja cultural, gastronômico ou religioso, por exemplo.

A temática gastronômica pode ser uma viagem pela Itália, com destinos que contemplem restaurantes e vinícolas. Já a cultural pode ser um tour pelos lugares da segunda guerra. Neste caso o céu é o limite: viagem pelas cervejarias da Bélgica, tour de Whisky  pela Escócia, viagem com foco em moda por Paris, esquiar no Chile e por ai vai!

Além de grupos de viagem temáticos, existe a opção de grupos para mulheres, para solteiros, para pessoas mais velhas, para jovens, LGTB+. Tem de tudo e para todos!

grupo de viagem para a italia
Florença: um grupo de viagem para a Itália explorando a parte gastronômica e artística seria incrível! Foto: Camila Castanheira

Grupo de viagem para lugares exóticos, diferentes ou com alguma restrição de acesso

Outro tipo de viagem em grupo são os para lugares mais exóticos e com alguma restrição. Os grupos que eu faço para o Egito são um bons exemplos. Neste momento não indico mulheres irem sozinhas para lá, logo o grupo se torna uma solução.

Grupos para a Turquia, o Irã, China. Sou a favor de nunca deixar de ir ou fazer. Sempre há uma solução. O ideal procurar por uma operadora ou agência especializada no destino para viajar! Isso ajuda muito e quase sempre o preço é mais atrativo.

O que devo considerar para escolher um grupo de viagem?

Um pensamento que você deve ter ao procurar um grupo de viagem é se ela oferece à você o que está procurando. Informe-se bem sobre o roteiro, o estilo dos passeios, a temperatura, as comidas, a língua, o lugar onde irá se hospedar e quais os possíveis desafios que terá.

A viagem em grupo é uma forma muito legal de conhecer o mundo, mas você precisa ter em mente que estará com outras pessoas e que as decisões serão todas tomadas em grupo.

grupo de viagem
Algumas das meninas do grupo de viagem para o Egito que eu faço pelo blog Foto: Camila Castanheira

Vamos viajar!

E aí, vamos conhecer o mundo juntos? Acompanhe a nossa próxima jornada em grupo e fique atento às próximas aventuras que virão! Eu sempre estou estudando novas oportunidades para trazer a melhor viagem para vocês!

Se quiserem saber um pouco mais sobre viagem em grupo, recentemente eu dei uma entrevista para o IG TURISMO falando um pouco sobre o assunto!

Até mais 🙂


RESERVE PELO BLOG

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe seu comentário