Le Círio, uma verdadeira experiência em Bruxelas

Um dos cafés mais tradicionais da capital da Bélgica
Studio_20160504_210317


Muitos dos cafés icônicos de Bruxelas estão no centro da cidade, pertinho da Grand Place. Essa região sabe conquistar nosso paladar com tantas opções irresistíveis, e confesso que é difícil decidir aonde entrar.

Foi caminhando por esse espaço tão atrativo da cidade, que entrei sem querer no café-Brasserie Le Círio. A intenção era apenas utilizar o toallet, mas quando me deparei com aquela jóia centenária, não resisti. Foi uma grata surpresa!

IMG_20160503_195153

Por fora o Le Círio não parece tão interessante, mas por dentro o lugar é uma verdadeira relíquia Art Nouveau com detalhes apuradíssimos em bronze, madeira e mármore. Depois de admirar cada espaço deste suntuoso café, sentei para fazer meu pedido, e achando que eu já tinha observado tudo (sou detalhista quando algo me agrada), mais uma surpresa, avistei um gatinho deitado em um canto do café (como assim?). Descobri que aquele animal fazia parte daquele lugar como uma identidade. E é mesmo! Não consigo falar deste café e não lembrar do gatinho.

IMG_20160504_210529

Fundado em 1886 o Le Círio é um verdadeiro clássico típico de Bruxelas. Neste Café-Brasserie você pode experimentar tanto os maravilhosos cafés, quanto o tradicional champanhe espumante chamado half-en-half, ou as deliciosas cervejas belgas, muito apreciadas na casa. O menu é uma mistura de gostosuras belgas e italianas, de certa forma simples mas com sabores muito apurados. Ah, o melhor de tudo são os preços, muito acessíveis, por incrível que pareça!

IMG_20160503_195418

Se passar por Bruxelas, conheça o Le Círio, nem que seja para tomar um cafezinho, este lugar nos proporciona uma verdadeira experiência na cidade de Bruxelas!

E não se esqueça de ler um pouco sobre o Tratado de Schengen.

Veja também outros cafés em Bruxelas

RESERVE PELO BLOG



Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

2 Comments

Deixe seu comentário