O que fazer em Salzburg, a cidade que respira música


Dicas inspiradoras sobre o que fazer em Salzburg em dois dias na cidade natal de Mozart

O que fazer em Salzburg - A cidade de Mozart

Salzburg é uma pequena cidade no interior da Áustria que parece que foi desenhada para existir! Muito conhecida por ser o berço natal de Mozart e por ser uma referência em festivais de música clássica no mundo, Salzburg impressiona por tantas histórias nas ruas. O que também chama bastante atenção, é a veia artística que a cidade transmite, tudo aqui vira naturalmente música, ópera, ballet, concerto e algo mais que se possa imaginar. Se seu coração ainda desconhece o poder da arte, acredite, este lugar te fará sentir o clima incrível e generoso que ela transmite. É impossível não se entregar a tanta sensibilidade.

Apesar de Salzburg ser pequena, há muitas coisas para fazer por aqui. Para explorar todas as suas riquezas e sentir a essência e o clima do lugar, o ideal é permanecer na cidade no mínimo dois dias inteiros. E como sua localização é muito privilegiada, perto de cidadezinhas pitorescas, se quiser conhecer a região indico utilizar Salzburg como cidade base. Passeios bate e volta a Hallstat, St. Wolfgag e Berchtesgaden são super indicados!

 

Um breve resumo da história

Só para vocês terem uma idéia, o centro histórico de Salzburg é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1996. Vestígios indicam que a cidade existe desde o período Neolítico, há cerca de 12 mil anos atrás quando a agricultura iniciou, e que os primeiros governantes foram os Celtas.

Salzburg também foi uma cidade importante durante o império romano, mas foi no século VIII depois de um período em ruínas que a cidade se reergueu, sendo liderada por arcebispos. Foi nesta mesma época que passou a ser chamada de Salzburg: Castelo de Sal. Estes arcebispos séculos e séculos depois se tornaram príncipes (príncipes-arcebispos) e governaram a cidade até o século XIX, quando a cidade passou a fazer parte do império Habsburgo.

Durante o império dos príncipes arcebispos a arquitetura também tomou forma e Salzburg se tornou uma cidade barroca. No século XVII artistas italianos e austríacos deixaram sua marca em Salzburg e hoje o barroco e rococó predominam sobre a paisagem histórica da cidade.

Durante a Segunda Guerra mundial, várias partes e monumentos foram atingidos, e reconstruídos tempos depois com as mesmas características. Hoje Salzburg é um polo turístico austríaco e recebe milhares de turistas o ano todo. Fiquei impressionada com a estrutura de turismo da cidade e o cuidado que os habitantes e governo mostram com o patrimônio histórico. Posso dizer que das cidades que já conheci no mundo, esta foi uma das mais sustentáveis, responsáveis e conservadas que visitei.

O que fazer em Salzburg - história

Como Chegar

Saindo do Brasil, não há voos direto para a Áustria. Você terá que fazer uma conexão em alguma outra cidade antes de vir para cá. O aeroporto de Salzburg fica bem pertinho da cidade, e há uma infinidade de voos diários para lá, de diversas cidades da Europa.

Outras excelentes opções são trem, cuja estação fica super bem localizada com fácil acesso para qualquer lugar da cidade, e por carro, as estradas da Áustria são uma pluma para dirigir!

O que fazer em Salzburg - como chegar

Atrações

A melhor maneira de explorar essa cidade linda é andando! O centro histórico de Salzburg é muito bem detalhado nos mapas locais e a estrutura turística muito bem orientada, então é fácil de se achar! Antes de começar a explorar a cidade, um detalhe muito importantes, é adquirir o SALZBURG CARD, o passe turístico da cidade, que cobre TODOS os passeios em Salzburg e várias outras atrações na região em um período de: 24, 48 e 72 horas (você escolhe o passe de acordo com a sua estadia).

Este foi um dos melhores passes turísticos que já encontrei na Europa, pois ele efetivamente cobre TODOS os passeios incluindo transporte público, o que traz uma ótima redução de custo, acredite!

 

Mirabell Palace and Gardens

Este imponente palácio barroco tem muita história pra contar. Construído em 1606 a mando do arcebispo Wolf Dietrich, o palácio foi um presente para sua amada amante judia Salomé. Os jardins neoclássicos do palácio são uma atração a parte de tão lindos. Aqui foram gravadas cenas do filme a Noviça Rebelde. Durante a noite, o Palácio constantemente oferece pequenos concertos inspirados em Mozart, eu fui e gostei muito. Vale a pena conferir a programação!

O que fazer em Salzburg - Mirabell Palace and Gardens

Fortress Hohensalzburg

Este foi um dos passeios que mais gostei em Salzburg. Localizada no alto de uma colina, dominando a paisagem de toda cidade, esta fortaleza datada do século XI é uma das mais antigas e conservadas de toda a Europa. Os moradores locais contam que a fortaleza nunca foi atacada diretamente, e que as duas vezes em que sofreu ameaça, uma pelas tropas de Napoleão, e outra pelas tropas de Hitler, o forte foi entregue amigavelmente.

A subida pelo bondinho até a fortaleza está inclusa no SALZBURG CARD e quem detém o cartão não pega fila!

O que fazer em Salzburg - Fortress Hohensalzburg

Mozart’s birthplace e Mozart-Wohnhaus

Salzburg é conhecida como a cidade do grande artista Mozart, então entender sobre sua vida faz parte da imersão no contexto histórico da cidade. Estes dois monumentos são as casas em que o artista viveu. A primeira casa foi onde o Mozart nasceu e morou com sua família durante anos. A segunda Mozart Wohnhaus, e a que eu mais gostei particularmente, é a casa aonde ele morou na fase adulta, e expõe dinamicamente a vida do artista. As duas entradas estão inclusas no SALZBURG CARD, então sugiro entrar nas duas.

O que fazer em Salzburg - Mozart's Birthplace

Museu de Arte Moderna e Monchsberg Lift

Para chegar ao Museu de Arte Moderna da cidade você precisa pegar o elevador Monchsberg. No alto de uma colina, este museu tem características bem contemporâneas, logo, indico visitá-lo somente se você gosta desta arte mais atual. Achei interessante a forma como o museu é dividido em andares e a arquitetura do prédio foi o que mais me chamou atenção. Contudo independente de entrar ou não, acho muito valido subir para conhecer, o fato do museu ficar no alto de uma colina com uma vista incrível para a cidade já vale a viagem! A paisagem é surreal!

O que fazer em Salzburg - Museu de Arte Moderna

Catedral de Salzburg

Salzburger Dom é um lugar especial e sugiro que antes de visitá-la entenda um pouco do que aconteceu neste espaço. Aqui Mozart foi batizado e, posteriormente, se tornou organista, onde tocou sua composição Missa da Coroação pela primeira vez. A catedral data em 774 e sobreviveu a oito incêndios. Durante a segunda guerra mundial, sua cúpula foi totalmente destruída, e refeita posteriormente.
Antes de entrar na catedral repare que na fachada há três datas diferentes, cada uma representando um momento de reconstrução importante da santa catedral.

O que fazer em Salzburg - Catedral

Residenz de Salzburg

Esse museu palaciano incrível, foi lar dos arcebispos por centenas e centenas de anos. Esta luxuosa residência possui mais de 180 quartos e detém uma das pinturas mais famosas de Rembrandt, Velha Senhora Rezando. O Residenz também é palco de lindos concertos. O dia que visitei o palácio tive o privilégio de assistir um espetáculo super intimista em uma de suas salas. Eu simplesmente amei.
Ah! Não deixe de pegar o áudio guia na entrada, ele será muito útil durante seu passeio!

O que fazer em Salzburg - Residenz

Salzburg Museum

Localizado no centro histórico de Salzburg, o museu explica detalhadamente a história da cidade. Dividido em andares, o Salzburg Museum é bem técnico e apresenta um acervo de artes e relíquias muito grandioso de importantes épocas da trajetória da cidade. Contudo, indico visitá-lo somente se você domina o idioma inglês, caso contrário ficará difícil entender o contexto das obras e como as histórias são contadas.

O que fazer em Salzburg - Museum

Getreidegasse

Esta é a rua principal de Salzburg e onde todas aquelas lojinhas charmosas estão. Vire e desvire esta região do avesso sem pressa, você vai se apaixonar com tanta fofura!
Ah! E preste atenção nos símbolos em frente de cada loja. Antigamente a linguagem dos sinais e símbolos eram muito intensas, e isso ainda é visível por aqui. Traduzindo, preste atenção no guarda-chuva em frente a loja de guarda-chuva, na chave em frente ao chaveiro…

O que fazer em Salzburg - Getreidegasse

Salzburg também oferece um calendário de eventos artísticos muito intenso durante todo o ano. O festival de Salzburg, que acontece anualmente em julho (criado em 1920) é um dos festivais de teatro, ópera e música mais importantes do mundo e recebe gente de todas as partes do planeta. Antes de embarcar se informe no site oficial e verifique se durante sua viagem haverá algum evento especial. Acredite, você não vai querer perder nenhum detalhe dessa surpreendente cidade.

A Áustria é um país sensacional, vale a pena conhecer. Veja meus artigos sobre dicas de restaurantes e cafés em Salzburg e também sobre o White Horse Inn.

 

Deixe seu comentário

5 pensamentos em “O que fazer em Salzburg, a cidade que respira música”