Viagem para mulheres ou viagem sozinha: saiba como aproveitar!

Já ouviu falar de viagem para mulheres? Sabe quando você tem vontade de ir para algum lugar que quer muito conhecer, mas ninguém partilha da mesma vontade? Vá sozinha, te direi como!

Viagem para Mulheres - Tailândia

Visitei a Tailândia sozinha em março de 2017. Foi uma viagem encantadora Foto: Camila Castanheira

Você já deve ter lido ou ouvido falar de viagem para mulheres ou de mulheres que viajam sozinhas. Aqui no blog eu incentivo super a mulherada a realizar este tipo de experiência, que a propósito pode transformar a vida. Digo isso porque 70% das minhas viagens são sozinhas e em cada uma delas eu tenho uma transformação diferente. 

Em meu último grupo para o Egito, levei 14 mulheres maravilhosas que viajavam solas ou com amigos e parentes. Foi interessante observar e participar do que cada uma buscava! 

Dentro de um contexto, viajar sozinha ou em um grupo de mulheres requer alguns cuidados, conhecimentos e principalmente VONTADE. Se a vontade de realizar uma viagem existe em você, não pense duas vezes e encare de verdade, porque a recompensa é maravilhosa.

Para te inspirar, convido você a conhecer meu Instagram, onde eu divido minhas experiências pelo mundo sozinha, e também a ler este artigo, em que ressalto pontos importantes na tomada de decisão da sua viagem! 

Viagem para Mulheres - Veneza

Visitei Veneza sozinha durante o inverno Foto: Camila Castanheira

Planeje bem a sua viagem

Decidir o destino é o primeiro passo. Para quem está para realizar sua primeira viagem sozinha e está com aquele “medinho”, indico destinos com culturas e idiomas parecidos com o nosso e que sejam de fácil acesso, como por exemplo: Brasil, Chile, Argentina, Uruguai, Portugal e Espanha.

Agora se você realmente deseja conhecer o destino dos seus sonhos e que seja difícil para a mulher (como Oriente Médio no geral), aconselho a procurar um grupo de viagem para mulheres (ou mistos) como os que eu faço para o Egito, ou tantos outros que exitem por ai. 

Existem sites e agências de viagens que unem os desejos de viagens de diferentes mulheres e as levam em grupos, para que façam amizades, conheçam os lugares e desfrutem do prazer de viajar sozinhas e descobrirem coisas novas.

O legal dessas viagens é que por mais que as mulheres não conheçam umas às outras, a tendência é que elas (ou vocês) se protejam e com isso se sintam mais seguras e prontas para os desafios e as delícias da viagem. 

Independente do jeito que você for viajar, é fundamental que você já tenha boa parte da viagem planejada e estudada. Pode parecer que não, mas saber a rua, a estação de metro, coisas básicas, farão toda a diferença. Eu quando comecei a viajar sozinha separava as coisas que queria fazer por bairros e sempre me acomodava em lugares próximos a estações de metrô ou fácil acesso a transporte público.  

Viagem para Mulheres - Egito

Viagem com mulheres para o Egito – Foto: Camila Castanheira

Faça viagem para mulheres

 

Contrate serviços que facilitarão tudo

Falando em se programar para ter mais segurança em sua viagem, existem alguns serviços que podem facilitar a sua viagem, para que você tenha em mãos alternativas rápidas. 

Antes da viagem, por exemplo, você já pode programar seus voos, meios de locomoção e hospedagem através de sites que contratam estes serviços. Pode também já comprar um chip internacional e contratar um bom serviço de internet, assim a sua comunicação não ficará prejudicada e você não precisará chegar no local e ainda procurar por uma operadora telefônica. Isso é fundamental. 

Outro ponto importante em viagem para mulheres ou sozinha mesmo, é a contratação de um seguro de viagem. Em muitos países já não se entra sem o seguro, então coloque isso como uma regra de viagem e um investimento. Estar protegida diante de diversos imprevistos de saúde, extravio de malas e outros possíveis perrengues pode salvar sua experiência de viagem. 

Viagem para Mulheres - Balão

Grupo de viagem misto para o Egito Foto: Camila Castanheira

Conheça a cultura local, faça amizades

Fazer uma viagem com familiares, amigos, namorado é com certeza uma experiência maravilhosa, mas viajar solo é uma experiência que todos deveriam sentir um dia!

Talvez o maior medo de uma mulher ao pensar em viajar sozinha é não saber com quem contar caso algo aconteça. Outras questões são: idioma, segurança física, se perder, solidão e assim por diante. A resposta que eu tenho para dar a você é SIM, você vai conseguir tirar tudo de letra. Nosso instinto é incrível e respondemos de maneiras que nem imaginamos. Estão aí as experiências!

Pense que se você estiver fazendo a sua viagem, com o seu horário e as suas preferências, as chances de passear tranquilamente, conversar com as pessoas que moram no lugar e experienciar coisas são maiores, já que ninguém vai decidir por você, além da sua vontade e disposição.

Fora que além do conhecimento que você pode adquirir, a chance de fazer amizades por onde for é altíssima, já que viajantes solo precisam falar sempre com outras pessoas para se informar das coisas, sejam pessoais locais ou outros turistas.

Viagem para Mulheres - California

Viajei com a minha irmã pela Califórnia Foto: Camila Castanheira

Dicas importantes!

  • Antes de fechar a sua estadia em algum lugar, pesquise para saber se é seguro, perto de locais movimentos e com fácil acesso à transportes;
  • Não leve muitas coisas para a viagem, isso facilitará a sua locomoção e de quebra você terá lugar sobrando para guardar as comprinhas dos passeios; Menos é sempre mais;
  • Permita-se experimentar coisas novas: uma dança, uma comida, um passeio diferente, isso fará com que você se sinta muito bem consigo mesma;
  • Leve uma quantidade de dinheiro que seja suficiente para os seus planos e para possíveis imprevistos;
  • Caso tenha medo de se sentir sozinha, faça um amigo local. Existem sites que “apresentam” você a uma pessoa nativa do destino da sua viagem, e por lá é possível marcar passeios e ter um guia turístico que entende super bem do lugar;
  • Se o seu destino for fora do seu país e você não souber nada da língua nativa, arrisque-se em aulas rápidas e aplicativos no celular, assim você não corre o risco de não saber nem pedir uma água no restaurante!

Uma viagem sozinha ou com um grupo de mulheres pode (e vai ser) uma experiência maravilhosa que pode mudar a sua visão de mundo e de você mesma. 

Quando descobrimos o poder que temos de realizar independente dos outros, a vida muda e nos tornamos outra pessoa. Para melhor é claro! 

Se você já viajou sozinha ou com mulheres conta para mim como foi! Será um prazer escutar você!

 

RESERVE PELO BLOG

Camila Castanheira

Publicitária, paulista, pós graduada em Negócios e Empreendedorismo. Já fez intercâmbio para a Inglaterra, conhece mais de 30 países e 300 cidades em todo o mundo. É apaixonada por história da arte, música, dança e não dispensa jamais um bom café! No dia a dia aplica o que tem como lema: comunicar que o turismo, juntamente com a arte, tem o poder de transformar as pessoas e mudar o mundo.

Deixe um comentário :)